A impressão por transferência térmica, é ainda hoje a tecnologia de impressão que oferece a melhor durabilidade e versatilidade na impressão de dados variáveis e/ou código de barras com menor custo de impressão, em comparação com outras tecnologias como jato de tinta, hot stamping e laser.

Mas infelizmente, apesar desta tecnologia já ser utilizada a mais de 20 anos, ainda encontramos muita falta de informação quanto ao melhor produto para cada aplicação e, muitos clientes persistem em comprar bases/substratos (etiquetas adesivadas ou não) incompatíveis para aceitar a impressão por transferência térmica com ribbons, ocasionando diversos problemas. Lembramos também que muitas tintas e tratamentos dados as etiquetas antes da impressão por TTR, também “afetam” o desempenho e a qualidade da impressão final.

Os principais problemas ocasionados são:

• Falhas na impressão ou impressão muito fraca, obrigando o operador a ter que aumentar a temperatura de impressão, o que pode ocasionar desgaste maior e mais rápido da cabeça de impressão do equipamento.
• Problemas de resistência, onde a impressão sai com facilidade ou não resiste a determinadas condições como calor/frio, vapores, produtos químicos, exposição ao sol, etc.
• Erro de leitura do código de barras, não são todas as formulações que imprimem com qualidade e nitidez o código de barras na horizontal e na vertical, a maioria das formulações só imprime com nitidez código de barras na horizontal, fique atento ao layout de sua etiqueta, pois uma pequena mudança pode fazer a diferença.
• Desgaste da impressora, gerando manutenção e hora de máquina parada.

Todos sabemos o quanto o custo dos insumos pode afetar no preço final do produto, mas a procura por produtos mais baratos, e que na verdade na maioria das vezes NÃO são adequados para este tipo de impressão, acabam causando grandes transtornos. Não só na hora da impressão (dificuldades de impressão, tendo que aumentar o nível de temperatura e, efetuar ajustes constantes e tempo de máquina parada), mas no ponto final de venda, quando a impressão não resiste e some da etiqueta, e, é aí, que o barato sai caro.

Caso tenha dúvidas sobre o material mais adequado a sua aplicação não hesite em nos contatar, nossa equipe esta preparada para orientar na especificação de seu material.

Como saber qual o ribbon certo?

como-saber-qual-o-ribbon-certo