As etiquetas adesivas são indispensáveis em praticamente todas as empresas que imprimem recibos, códigos de barras e etiquetas RFID, por exemplo. Nesse contexto, o sistema de impressão por transferência térmica é de extrema relevância.

Isso porque o método confere alta qualidade às impressões e muita agilidade ao processo. Descubra agora quais são as vantagens das impressoras térmicas, responsáveis por substituir a antiga impressora matricial, inkjet, laser entre outras.

Como funciona o sistema de impressão por transferência térmica?

Simplificadamente, o sistema de impressão por transferência térmica funciona através da seguinte combinação:

Impressora de Cabeça Térmica + Ribbon Revestido + Base de Impressão

Em tese, o elemento que mais se destaca na equação é o ribbon — ou fita de transferência térmica. A sua atuação se assemelha à do clássico papel carbono.

Desse modo, a impressora de transferência térmica funciona através do contato entre a cabeça de impressão aquecida e o ribbon. A fita se descola dos pontos onde há o aquecimento e se fixa sobre a base escolhida.

Existe diferença entre impressão térmica direta e transferência térmica?

Tanto a impressão térmica direta quanto a de transferência térmica utilizam um cabeçote que transfere calor para imprimir. Contudo, a partir daí, só temos diferenças.

Bem como já mencionamos, no sistema de impressão por transferência térmica os ribbons são imprescindíveis. Enquanto isso, na impressão térmica direta a fita não é utilizada.

No último modelo, a imagem é criada diretamente — como o próprio nome sugere — na área a ser impressa. Além disso, esse processo é mais sensível à luz, ao calor e à abrasão, reduzindo a vida útil da impressão.

Não à toa, o sistema por transferência térmica é mais utilizado para códigos de barras, por exemplo. Afinal de contas, os resultados exigem altíssima precisão!

Quais são as principais vantagens das impressoras térmicas?

Como as impressoras térmicas não usam toners ou cartuchos, elas demonstram grandes vantagens se comparadas aos equipamentos convencionais. Confira abaixo os 4 principais benefícios que elencamos.

1. Maior velocidade de impressão

As taxas de impressão apresentadas pelas impressoras térmicas são muito elevadas. Os cabeçotes atuam em extrema velocidade e as imagens criadas secam, igualmente, muito rápido.

2. Custos de impressão reduzidos

Os preços dos ribbons, quando comparados aos cartuchos tradicionais de tinta, são relativamente menores. Portanto, as empresas podem poupar boa parte do dinheiro investido em suprimentos.

3. Melhor qualidade de impressão

A qualidade das imagens criadas pelas impressoras térmicas é incontestável! Não há como compará-las, já que são visivelmente mais nítidas e duráveis.

4. Maior versatilidade

Existe uma gama enorme de possibilidades para o sistema de impressão por transferência térmica. Os serviços podem ser realizados, inclusive, em etiquetas autoadesivas e marcadores especiais.

O que torna a impressora de transferência térmica tão eficaz?

A importância do aquecimento da fita térmica no sistema de impressão por transferência térmica é explícita. Afinal, tal funcionalidade é responsável por tornar o processo tão eficiente.

Ademais, possuindo grandes metragens, o ribbon reduz o tempo de inatividade da impressora. Consequentemente, a produtividade é favorecida com menos paradas para troca da fita.

Entretanto, vale ressaltar que o sistema de impressão deve contar com o suporte de profissionais capacitados. Caso contrário, o desempenho pode não ser satisfatório. Por isso, procure quem realmente entende do assunto.

A ARMOR-IIMAK detém a expertise que sua empresa merece! Então, entre em contato com nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas.