No dia a dia de quem lida com impressões por transferência térmica, alguns problemas podem ocorrer. Impressão ilegível, buracos ou manchas na imagem e má definição das margens são alguns dos mais comuns. No artigo de hoje, trataremos dessa última situação. Continue a leitura e saiba o que pode ocasionar esse defeito nas etiquetas e também como resolvê-lo. Acompanhe.

O que provoca a má definição das margens das etiquetas?

Existem diversos motivos para que ocorra a má definição das margens: incompatibilidade entre o ribbon e a base, velocidade de impressão acima da recomendada, temperatura inadequada ou desnivelamento da cabeça de impressão. O primeiro caso é bastante comum, uma vez que muitos ainda desconhecem a importância da escolha da base correta para a qualidade final da etiqueta.

A falta de compatibilidade entre esses dois elementos pode resultar em alguns problemas além da má definição nas margens. Tais como:

  • falta de nitidez de imagem: impressão borra ao se passar o dedo ou já sai borrada da impressora;
  • cobertura falha: com a imagem acinzentada ou com aspecto poroso;
  • não acontece a impressão: a etiqueta sai branca.

Leia mais: Por que a escolha da base adequada para a impressão por termotransferência é tão importante?

Já em relação à velocidade, quando associada ao calor, pode resultar, também, em outros problemas, como a falta de nitidez, claridade ou opacidade em excesso.

O que fazer quando acontece a má definição das margens?

Agora que você já sabe o que pode levar à má definição nas margens das etiquetas, vamos ajudar a resolver esse problema. Antes de mais nada, é preciso se certificar de que a base e o ribbon utilizados são compatíveis. A troca de um ou outro pode comprometer os resultados e fazer com que a impressão não saia igual à planejada.

Caso esses dois elementos sejam compatíveis e mesmo assim o problema persistir, é hora de se atentar à velocidade de impressão, temperatura ou nivelamento da cabeça de impressão. A recomendação é que a velocidade seja diminuída, caso o problema persista, pode-se aumentar gradativamente a temperatura da impressão ou ainda, ajustar o nivelamento da cabeça de impressão. Para os modelos que não possuem esses ajustes, deve-se considerar o equilíbrio entre velocidade e temperatura.

Quando é necessário contar com o suporte técnico?

O suporte técnico pode ser acionado quando houver dúvidas a respeito dos produtos utilizados ou problemas de desvios de impressão. Em muitas situações, esses desvios de impressão podem ser solucionados com simples ajustes como temperatura ou velocidade da impressora e não necessitam de intervenções presenciais de especialistas.

Atualmente, já é possível contactar a assistência remotamente. Nesse caso, o respaldo acontece por telefone ou plataformas de vídeo e os técnicos orientam em relação a ajustes ou melhores insumos.

Por isso, na hora de escolher um fornecedor de produtos para transferência térmica, é bom se atentar ao respaldo que ele pode oferecer para o seu time. A ARMOR-IIMAK, por exemplo, tem um time de especialistas à disposição dos clientes para ajudá-los a resolver, rapidamente, quaisquer problemas de impressão para assegurar a qualidade final das etiquetas.

Em 2021, ARMOR e IIMAK uniram forças, estabelecendo a empresa como a líder de mercado global na concepção e produção de ribbons de transferência térmica. Entre em contato e saiba como esse grande player pode ajudar seu time a extrair o melhor das impressões de etiquetas.