Quem utiliza impressoras térmicas, com certeza, já ouviu falar no ribbon de resina IIMAK. Apesar de parecer algo bem simples, existem algumas variedades e especificações que precisam ser observadas na hora de escolher o ribbon correto.

Quer saber mais sobre o ribbon de resina? Continue lendo este texto que você vai tirar todas as suas dúvidas.

Quais os tipos de ribbon existentes?

ribbon   também   é conhecido como Thermal Transfer Ribbon (TTR) ou fita de transferência térmica. É usado nas impressoras térmicas que quando aquece o cabeçote transfere a tinta do ribbon para a etiqueta.

A fita de transferência pode ser encontrada em três tipos, resina, cera e misto. Apesar de terem a mesma função (imprimir dados nas etiquetas), esses ribbons possuem as suas diferenças. Confira quais são as principais características de cada um deles.

Ribbon de resina

A sua utilização é indicada para materiais em que é preciso fazer reproduções de alta resistência. Assim, pode ser usado para etiquetas que ficam expostas ao atrito, congelamento, materiais de limpeza, umidade, exposição a intempéries, e substâncias ácidas. Além disso, suporta temperaturas elevadas e oferece mais qualidade na impressão.

Ribbon de cera

 É utilizado, na maioria dos tipos de substratos porosos como: Etiquetas de Papel Couchê, Tag (papel Cartão), Papeis Transtherm onde são impressas informações variáveis como textos, imagens e códigos de barras para aplicações que não necessitam de muita durabilidade das impressões

Ribbon Misto

Possui uma película plástica que é feita de cera e resina. Essa característica faz com que a fita seja mais resistente ao calor e à umidade. Sendo mais robusto que o de cera e menos que o de resina. A durabilidade é média e há resistência ao atrito, mas não é indicado para temperaturas extremas ou produtos químicos.

Quando devo usar o ribbon de resina?

O ribbon de resina deve ser priorizado quando a informação da impressão precisa ser mantida por mais tempo e pode sofrer influência de algum agente externo que necessite de um produto mais resistente. Essa fita é empregada nos filmes como BOPP, polietileno e poliéster. E é empregado principalmente para:

Existem diferentes tipos de ribbon de resina IIMAK?

Os ribbons são feitos com diferentes configurações, por isso para cada aplicação há uma fita específica. Conseguimos destacar quatro dessas opções:

  • resina SP (SP330): indicado para aplicações especiais que necessitam de resistência abrasiva e química, e exposição ao calor e frio;
  • resina D1: aplicado em cetim, nylon e poliéster, com resistência a lavagem doméstica, industrial, pesada e que suporta até 200° C;
  • resina SP2: recomendado para reprodução em materiais sintéticos e tecidos, aguenta o calor e abrasão;
  • resina SPX sugerido apontado para a impressão em nylon. Com resistência a lavagem doméstica.

Além de possuir diferentes finalidades, antes de decidir pela fita de reprodução das suas etiquetas é preciso observar cada aspecto. Separamos os seguintes pontos para serem observados na hora de selecionar um ribbon:

  • se o rótulo será interno ou externo;
  • qual o tipo de resistência necessária;
  • as medidas (em qual equipamento e o tamanho da etiqueta onde será impressa);
  • as cores.

Existem diferentes aplicações para os ribbons de resina. O que vai influenciar a sua escolha é a finalidade dele dentro da sua empresa.

Depois de ler esse texto, ficou mais fácil optar pelo ribbon de resina IIMAK ideal para a sua impressora. Gostou do nosso texto? Entre em contato com a gente e encontre a melhor fita para o seu negócio.